EX-PRESIDIÁRIO ASSASSINADO NO CENTRO DE GARANHUNS É ACUSADO PELO ASSASSINO DE TER PARTICIPADO DO ESTUPRO E HOMICÍDIO DA ADOLESCENTE RAFAELA BRITO NO ANO DE 2001


ESSA E DESTAQUE NO BLOG DA ARLETE SANTOS

A Policia Militar tomou conhecimento por volta das 22h30 de ontem (23.05.16), através de ligação telefônica via 190, onde populares relataram que na Esplanada Cultural mestre Dominguinhos, Centro, Garanhuns, um homem havia sido alvejado com vários disparos de arma de fogo. Chegando ao local os policiais encontraram o auxiliar de serviços gerais ALAN PESSOA DE VASCONCELOS, 30 anos, que residia na Rua Santa Sofia, Centro, Garanhuns, caído ao solo já sem vida. Alan, foi assassinado com 08 tiros na região das costas e cabeça, por um homem que saiu correndo à pé.



Com base nas informações repassadas por testemunhas, o efetivo saiu no encalço do assassino e obteve êxito ao conseguir localizar e prender em flagrante, o comerciante JÚLIO CÉSAR BRITO CAVALCANTI, 33 anos, residente na Rua Severiano Peixoto, Centro, Garanhuns,quando o mesmo tentava evadir-se em um polo de cor preta, que estava estacionado na Avenida Agamenon Magalhães, Centro, Garanhuns, no qual estavam JAILSON MARCOS SOARES CAMPOS, 49 anos, residente na Rua Manoel Clemente, Centro, garanhuns e FÁBIO BARBOSA DA SILVA, 34 anos, residente na Rua Minervino apolinário de Araújo, Boa Vista, Garanhuns.



Ao ser preso Júlio César confessou a autoria do crime e disse que assassinou Alan, por motivo de vingança pessoal, pois segundo o acusado Alan tinha envolvimento com a morte da irmã dele a adolescente Rafaela Brito, que no ano de 2001, desapareceu misteriosamente e dias depois foi encontrada estuprada e morta. Um dos crimes de grande repercussão ocorrido em Garanhuns. Após consulta ao sistema da SDS, constatou-se que a vítima Alan Pessoas, era ex-presidiário, assim como o acusado.




Júlio César, foi conduzido á 18ª DESEC com as armas utilizadas no crime 02 revólveres Taurus calibre 38, estando um com a numeração raspada e o veiculo usado na tentativa de fuga, um Polo 1.6 de cor preta, placa KIQ 8449, foi autuado em flagrante e recolhido à Cadeia Pública de Capoeiras. Os outros dois envolvidos foram ouvidos e liberados, os mesmos alegaram desconhecer o ato praticado pelo acusado. Após realizar exame cadavérico a Policia Civil, encaminhou o corpo de ALAN PESSSOA DE VASCONCELOS, ao IML de Caruaru.

Share on Google Plus

About Dayane de assis silva Fernandes

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário