Vereador Gil PM é denunciado por possível compra de votos


A denúncia foi feita dia 17 deste mês por uma moradora da Cohab 3 em Garanhuns, através do Ministério Publico Eleitoral.
 No dia 17 deste mês, compareceu a Promotoria Eleitoral, uma moradora da Cohab 3, Garanhuns. A denunciante relatou ao Promotor Eleitoral Itapuam de V. Sobral Filho, que trabalhou na Campanha do vereador reeleito Gil PM, e que ficou responsável por uma turma de militantes do referido vereador e candidato a reeleição, aproximadamente 129 (cento e vinte nove) pessoas para votar no vereador. 
Ainda segundo a denunciante, o esposo da mesma, cedeu um carro (picape Fiat Estrada) para trabalhar na campanha do vereador reeleito Gil PM, e que o valor acertado para cada pessoa trabalhar na campanha foi R$ 50,00 (cinquenta reais), fazendo “boca de urna”  no dia da eleição, mas depois Gil PM teria informado que não mais precisaria trabalhar fazendo a “boca de urna”, mas que as pessoas teriam que votar nele senão não receberiam o valor do acordado. 
De acordo com a denúncia, a senhora não recebeu a quantia, e os eleitores começaram a cobrar o valor combinado, a senhora ainda afirmou ter uma lista com os nomes dos 129 (cento e vinte nove) eleitores. 
 Matéria retirada do site da 87 FM - Garanhuns , ainda de acordo com a reportagem de Allan Gustavo , Conversamos com o vereador reeleito Gil PM, que disse que a situação foi contornada, que o que foi dito não procede e que houve sim um mal entendido entre as partes, mas que está tudo sob controle.
Share on Google Plus

About Ademilton Fernandes

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário