Mês de março é dedicado à mulher em Garanhuns

Série de ações que fazem alusão aos direitos da mulher está sendo realizada pela Secretaria da Mulher de Garanhuns em parceria com diversas instituições do município



No dia 8 de Março é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Pensando nisso, o Governo Municipal de Garanhuns, por meio da Secretaria da Mulher (Secmul), começou na última quinta-feira (2), uma série de ações alusivas à temática do gênero. As atividades, que vão até o dia 31 de março, abrangem a conscientização a respeito da valorização da mulher, por meio de palestras, rodas de conversa e comemorações. As ações terão participação de integrantes da OAB, Rotary Club e Polícia Militar. Além de visitas às instituições públicas e privadas.

Para dar início à semana, uma palestra com o tema “Empoderamento, Justiça e Equidade”, será ministrada na Ferreira Costa, para as funcionárias da loja. O momento acontece hoje (6), a partir das 16h e já faz parte da 7ª Semana da Justiça pela Paz em Casa que segue até sexta-feira (10). Durante esta ação, os casos de violência doméstica ganham celeridade e passam a ser prioridade entre os processos existentes na 1ª e na 2ª Varas Criminais, além de serem realizadas palestras e ações alusivas ao Dia Internacional da Mulher. “É importante que as mulheres estejam nestes eventos para que elas possam entender melhor como é a construção da mulher no nosso país e como é importante que elas reproduzam essas ideias para toda a sociedade”, diz a secretária da Mulher, Eliane Simões.

Na terça-feira (7), às 19h, está programada, no Sesc Garanhuns, a cerimônia de abertura do Projeto Maria da Penha Vai à Escola 2017, que contará com a presença da secretária da Mulher de Pernambuco, Silvia Cordeiro. Trinta escolas irão participar do projeto, que visa levar ao ambiente escolar a conscientização a respeito do enfrentamento à violência contra a mulher. Por meio de pesquisas, debates, produções de texto e apresentações, os professores trabalham, com os alunos e a comunidade, o assunto. A ação é uma parceria com a Secretaria de Educação (Seduc). Na abertura, a professora Regina Célia ministrará uma palestra com o tema: “A educação como agente transformador de uma cultura machista e patriarcal em uma cultura de paz e equidade”.

Além desses eventos, a Secmul também traz outras ações durante o mês que homenageia a mulher. Entre elas, estão participações em instituições de ensino, Centro de Referência em Assistência Social (Cras), comunidades quilombolas e órgãos da saúde. No próximo domingo (12), a partir das 7h, também haverá uma caminhada idealizada pelos Caminhantes do Parque.

O Projeto Movimento continua em atividade através de ações pontuais de divulgação dos serviços e do objetivo do trabalho da Secmul. A ação acontece por meio de uma abordagem direta com panfletagem em locais públicos e privados, onde uma equipe da Secretaria explica as formas de violência e os serviços que o Centro de Referência em Atendimento à Mulher (Cram) oferece. Ações preventivas de enfrentamento à violência contra a mulher também serão feitas em parceria com a Polícia Militar, nos bairros de Garanhuns.


De acordo com a secretária Eliane Simões, março é um mês alusivo à mulher, mas não somente de comemorações. Também é de conscientização e garantia de direitos. “Segundo o IBGE, 51.4% da população brasileira é do sexo feminino, então precisamos ter consciência que um traço cultural como o machismo e o sexismo podem ser desconstruídos pela educação. Nós, mulheres, que somos educadoras por cultura, precisamos erradicar da sociedade esses conceitos equivocados. É um momento de reflexão e de empoderamento. Nós vamos trazer um novo contexto, onde vamos analisar qual o papel real nesse mundo que nós queremos construir”, afirma.
Share on Google Plus

About Ademilton Fernandes

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário